fbpx

A oração é um constante retorno a ouvir os passos do Pai a caminhar a nossa procura. É uma necessidade da alma que anseia por fazer parte novamente de uma intimidade profunda perdida pelo pecado.

Quando dispomos de tempo para estar diante de Deus por meio da oração, estamos construindo a cada dia vínculos de amizade e intimidade. Esses laços nos trás proximidade e gosto a cada encontro vivido. Cada vez mais ficamos a vontade para falar e temos o desejo de ouvir, o tempo passa e nem percebemos o quanto que passou. Terminamos o diálogo e já estamos pensando quando será o próximo encontro. 

Porém nem sempre é assim, a momentos que precisamos ser arrastados movidos por uma enorme decisão ou apenas contando com a graça. A falta de vontade, a preguiça espiritual ou até mesmo uma desorganização pessoal, são um dos motivos que nos impedem de dar os passos necessários, para uma vida de oração autêntica. Em Gênesis 1 fala da origem do mundo e da humanidade, Deus criou todas as coisas Inclusive o homem, o fez ele sua imagem e semelhança, e deu tudo para que ele governasse. Contudo nesse trecho, algo deve nos chamar a atenção. 

“E eis que ouviram o barulho (dos passos) do Senhor Deus que passeava no jardim, à hora da brisa da tarde. O homem e sua mulher esconde­ram-se da face do Senhor Deus, no meio das árvores do jardim. 9. Mas o Senhor Deus chamou o homem e perguntou-lhe: “Onde estás?”10. E ele respondeu: “Ouvi o barulho dos vossos passos no jardim; tive medo, porque estou nu; e ocultei-me”. “(Gênesis, 3 8-10)

“E eis que ouviram o barulho (dos passos) do Senhor Deus que passeava no jardim, à hora da brisa da tarde.” O homem escutou os seus passos no jardim, trecho que revela a intimidade Dele com Deus, onde havia uma escuta atenta, uma percepção de que o amigo se aproximava. Deus ia ao seu encontro, mas algo foi perdido entre o homem e Deus, a criatura não reconhecia o seu criador. Sentimentos novos foram colocados entre eles e numa tentativa de fugir de sua face, se esconderam. Deus por sua vez insiste e vai ao seu encontro o chama, quer ter ainda a comunhão, estende sua mão e deixa ser encontrado.

A oração nada mais é que um constante retorno a ouvir os passos do Pai a caminhar a nossa procura. Uma necessidade da alma que anseia por fazer parte novamente de uma intimidade profunda perdida pelo pecado. É um movimento de amor onde nos deixamos ser amados e queremos novamente fazer parte com Ele na intimidade e amizade verdadeira. Ainda que não percebamos esse movimento, pois se trata também de uma atitude de fé. Decidir-se pela amizade divina e crescer nesta amizade é o segredo da vida.

Mas o que é vida de oração? Ter vida de oração é ter a constância, onde reservamos um horário a serem cumpridos, todos os dias, um encontro com o Pai que nos espera. É dedicado esse tempo para compartilhar e aprender sobre a verdade, desmitificar conceitos formados e o principal, nos tornar próximos Dele. A vida de oração, leva-nós a Deus e Ele vai conosco para todos os momentos, experimentando da graça de ter a persistência em rezar, nos faz perceber que Ele pode caminhar conosco por todo nosso dia. A intimidade com Ele será apenas uma das grandes graças que iremos alcançar. Muito mais Deus quer nos dar por meio da oração diária.  

A finalidade dela é abrir-nos a Deus e ao seu projeto de Reino e, na dinâmica da escuta e do diálogo, perceber a sua proximidade junto a nós. As palavras que são ditas não saem apenas dos lábios, mas do mais profundo do nosso ser, numa misteriosa correspondência entre as profundezas do coração e as alturas do céu. 

“O Senhor, então, falava com Moisés face a face, como um homem fala com seu amigo.” (Êxodo, 33, 11)

Deixe uma resposta

Iniciar o chat
1
💬 Posso te ajudar?
Olá, tudo bem? 👋
Paz e bem!
Em que posso te ajudar?
%d blogueiros gostam disto: